Direitos, não favores!

No dia 28 de novembro mais de 25 organizações enviaram um ofício
à Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência,
aos Grupos Parlamentares (partidos políticos que estão na Assembleia da República),
ao Presidente da República,
ao Primeiro Ministro,
ao Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social,
à Ministra da Justiça,
ao Ministro da Educação e ao Ministro da Saúde,
a exigir que as pessoas com deficiência e as organizações que as representam sejam ouvidas na preparação das medidas, políticas e leis que lhes dizem respeito.

Queremos direitos, não favores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *