Projeto dar voz 23 e 24 de Outubro

Projeto Dar Voz!

Ação de Capacitação no Funchal nos dias 23 e 24 de outubro

 

Este projeto aconteceu porque quem organiza é a FENACERCI com o apoio do INR I.P. que ajuda a pagar coisas do projeto.

Por exemplo, ajuda com as viagens e a alimentação.

O que aconteceu no Funchal?

Nos dias 23 e 24 de outubro juntaram-se na casa saúde das Irmãs Hospitaleiras no Funchal 19 autorrepresentantes e algumas pessoas de apoio para falarem sobre o projeto Dar Voz.

Estavam autorrepresentantes da Casa de Saúde das Irmãs Hospitaleiras, da Casa de Saúde de São João de Deus, da Alamos, da Associação Protetora dos Pobres, da CERCICA e da CERCIAG.

No dia 23, da parte da manhã, tivemos oportunidade de conhecer outras pessoas e depois estivemos a fazer a apresentação sobre a Plataforma Nacional de autorrepresentantes e a falar sobre a autorrepresentação.

Os autorrepresentantes da madeira reúnem de 15 em 15 dias durante 1 hora.

Da parte da tarde estivemos a falar sobre a Convenção das Nações Unidas.

Falámos sobre o que diz a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Depois preenchemos um questionário individual, para ficar a perceber se e onde somos mais discriminados.

Também ficámos a conhecer o hino dos autorrepresentantes das irmãs hospitaleiras.

No dia 24 de outubro retomamos os nossos trabalhos sobre os direitos que estão na Convenção.

Fizemos um trabalho de grupo sobre alguns dos direitos da Convenção, como por exemplo o direito à cultura, lazer e desporto.

No final colámos num boneco post-its com todos os nossos direitos.

Eu gostei muito de participar neste encontro no Funchal porque para mim foi um convívio e conheci novas pessoas que nunca tinha visto e foi um ótimo trabalho que fizemos durante estes dois dias no funchal.

João Pereira

Grupo Dinamizador da PNAR